San Pablo abre as portas ao VI Encontro Mundial de Jovens Escolares – ORT

Cem jovens de 80 cidades se reúnem no Brasil, tendo a educação no centro do debate como a ferramenta mais poderosa para a construção de um diálogo inter-religioso e intercultural dos jovens para uma cultura de paz. O Papa Francisco participará do evento com os jovens.

São Paulo, 20 de outubro – O VI Encontro Mundial de Jovens organizado pelo Movimento Educacional Internacional Scholas Occurrentes e Mundial ORT terá sua sexta edição entre os dias 23 e 26 de outubro no Estado de São Paulo, onde viverão uma experiência de convivência, diálogo e reflexão.

Este encontro é o resultado da colaboração entre a ORT e a Scholas, duas organizações com um objetivo comum: tornar o mundo um lugar melhor através da educação. Procura proporcionar um espaço para jovens de todo o mundo desenvolverem o seu potencial, independentemente da sua origem. 

Jovens da Argentina, Bulgária, Brasil, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, El Salvador, Equador, Haiti, Israel, Itália, México, Moçambique, Portugal, Panamá, Peru, Paraguai, Venezuela e África do Sul celebrarão a diversidade cultural e religiosa, compartilhar atividades e experiências que promovam a cultura do encontro. 

O eixo conceitual do evento será O ENCONTRO. Encontre-nos no gratuidade reconhecer as nossas singularidades, o que nos torna quem somos e, por sua vez, poder estar com os outros. Encontre-nos no multiplicidade habitar e construir um mundo comum, respeitoso e diverso. Encontrar-nos para nos transformar e transformar com nossos movimento para nossas próprias comunidades.

 

O Papa Francisco, bispo de Roma e autoridade máxima da Igreja Católica, dará uma mensagem aos jovens. O Santo Padre é um promotor do protagonismo dos jovens no mundo como agentes de mudança. Este evento, precisamente, foi realizado pela primeira vez em 2016 na Cidade do Vaticano. As edições posteriores foram realizadas em Jerusalém (2017), Buenos Aires (2018), Cidade do México (2019) e Panamá (2022). Esses países declararam-no de interesse educacional e cultural. 

Há mais de sete anos, José María del Corral e Dario Werthein, empresário latino-americano com forte compromisso com a educação, uniram forças na busca pela ampliação desses encontros com a convicção de que a educação é a chave para um mundo mais justo e sustentável ... paz.

Scholas Ocurrentes é um movimento educacional internacional criado pelo Papa Francisco. Procura responder ao apelo do Papa Francisco para criar a Cultura do Encontro. Realiza-o através de uma nova educação que procura devolver-nos o contacto com a vida através do desporto, da arte e da tecnologia.